A apresentadora Eliana
A apresentadora Eliana (Foto: Reprodução/Instagram)

Após publicar um post a favor da criminalização da LGBTfobia no Instagram, Eliana passou a receber ataque nas redes sociais. Eleitores de Jair Bolsonaro criticaram o posicionamento e ainda  deram início a uma campanha de boicote à loira.

No post feito no último sábado (24), a apresentadora fez um apelo aos ministros. Nele pede para  que votem para que tornem crime as práticas discriminatórias contra LGBTs. Militantes do presidente, entretanto, viram como uma atitude contrária ao governo, mesmo sem haver nenhuma citação de nenhum político.

LEIA MAIS:


Pabllo Vittar lança o clipe de “Buzina”; Assista

Miguel Rômulo entra em Verão 90 como drag queen

Internautas convocaram outros apoiadores de Bolsonaro para boicotar o programa que a famosa apresenta no SBT. Além disso, a proposta também veta o consumo de todos os produtos que ela licencia e anuncia no dominical.

Logo, a publicação viralizou nas redes sociais, alcançando milhares de interações. O caso dividiu opiniões entre aqueles que se disseram à favor e outros contra Eliana, chegando a figurar entre os assuntos mais comentados do Twitter.