A cantora Valesca Popozuda (Foto: Reprodução/Instagram)

Na terça-feira (12), Valesca Popozuda resolveu se pronunciar diretamente com seus fãs sobre a repercussão de seus vídeos ao lado do maquiador Agustin Fernandez. Ela se posicionou como amiga do rapaz, conhecido por ser gay e declaradamente apoiador do presidente Jair Bolsonaro.

Vim aqui conversar com você, que é meu fã e me acompanha esses anos todos sabe que eu jamais usei a causa LGBTQ+ pra me promover de forma nenhuma. E eu sempre levantei essa bandeira porque eu acredito no amor, em todas as formas de amor”, começou a cantora.

LEIA MAIS:


Em foto com namorada, Bruna Linzmeyer pede criminalização da homofobia

Atleta olímpico Gus Kenworthy rebate hater no Twitter

Mesmo que a comunidade inteira vire as costas pra mim, eu vou continuar lutando contra qualquer tipo de preconceito. Então, gente, estou aqui pra pedir desculpas, se magoei, se eu ofendi alguém. Minha intenção sempre foi levar felicidade e amor para vocês com a minha música”, afirmou Valesca.

De acordo com o Catraca Livre, ela finalizou pedindo desculpas e fazendo um pedido aos fãs. “Já temos tantos problemas hoje em dia, a vida é um sopro. Vamos nos unir com a música e eu estou aqui de coração aberto mais uma vez pedindo desculpas mais uma vez pra vocês.

Nesta quarta-feira (13), Valesca Popozuda usou a mesma rede social para se posicionar a favor da criminalização da homofobia. O Supremo Tribunal Federal (STF) começou o julgamento neste dia, e vários artistas também comentaram sobre o assunto.

valesca criminalização
Foto: Reprodução/Instagram