travesti que vive jesus
Travesti que vive Jesus desabafa sobre censura após cancelamento de apresentação (Foto: Reprodução/Facebook)

Renata Carvalho encarna a vida de Jesus Cristo em O evangelho segundo Jesus, Rainha do céu. A peça não teve problemas com os públicos de Belfast, na Irlanda do Norte, Cabo Verde, na África, e também de alguns lugares do Brasil.

No entanto, ao chegar no Recife, a protagonista, que é travesti, e todos os membros da equipe tiveram que lidar, mais uma vez, com um cancelamento sem aviso prévio. O mesmo já tinha acontecido, anteriormente, em vários outros locais por onde a apresentação passou.

Veja mais:

Travesti sobrevive a esfaqueamento no pescoço, em Três Lagoas (MS)


“Eu sei o que é a censura do corpo trans, mas a minha arma é o teatro. É com ela que eu respondo. Do teatro eles não vão me tirar”, declarou Renata. De acordo com ela, a equipe sequer foi informada do cancelamento.

“É muita tristeza porque a arte não pode ser cerceada de maneira nenhuma. Eles nem tentaram entrar em contato com a gente. Simplesmente cancelaram a apresentação”, contou ela.

Leia também:

Sheron Menezes desabafa sobre receio de voltar ao trabalho após licença maternidade: “Me sinto culpada”

Segundo informações do G1, Renata também informou que, por conta da repercussão do caso, o curador do evento, Paulo de Castro, sugeriu que a apresentação fosse feita em uma boate LGBT. “Depois que ele cancelou, da repercussão negativa, ele propôs que a gente se apresentasse no particular. Tudo extraoficial. Também acabou vindo à tona que as peças não receberam dinheiro no ano passado. Então, além da censura, tem espetáculos saindo e o pessoal cobrando”, revelou ela.

Renata informou que a peça já foi apresentada 200 vezes e vista por 16 mil pessoas. Neste ano, passará novamente pelo Rio de Janeiro e por São Paulo. Além disso, irá estrear em Londres e Portugal. “Também estamos tentando apresentar na Escócia”, contou.