violencia trans
De acordo com a ANTRA (Associação Nacional de Travestis e Transexuais), a cada 48 horas, morre uma pessoa transexual no Brasil (Foto: Reprodução)

Uma travesti foi agredida logo depois de terminar o programa com um cliente, em Belo Horizonte (MG). Segundo o G1, o caso aconteceu na manhã desta quinta-feira (10). A Polícia Militar informou que a agressão ocorreu na Região Noroeste da capital mineira.

Um homem de 30 anos foi preso, acompanhante da travesti, por conta da agressão. Ele contou à Polícia que ficou cerca de quatro horas na companhia da vítima, e, no fim, os dois se desentenderam. De acordo com o boletim de ocorrência, a briga aconteceu, inicialmente, pois ela quis ser levada em casa.

Veja também:


Ativista LGBT e cantor, Kevin Fret é assassinado em Porto Rico: “Essa violência tem que parar”

Família de youtubers causa polêmica após oferecer “pirulito de pênis” para criança

Ao negar o pedido, o homem informou que foi ameaçado com uma faca. Para se defender, ele explicou que realizou golpes com uma barra de ferro. Ela foi levada ao Hospital Odilon Behrens com ferimentos no nariz, na face e nas costas. Ele foi encaminhado à delegacia.