santa casa de araraquara
Travesti foi internada na Santa Casa de Araraquara (Foto: A Cidade ON/Araraquara)

Na madrugada do sábado (5), uma travesti de 30 anos foi esfaqueada no peito, no município de Araraquara, em São Paulo. De acordo com o G1, a motivação e o autor do crime são ainda desconhecidos pela Polícia Civil, que irá investigar o caso.

O boletim de ocorrência descreve que a vítima saiu para trabalhar, normalmente, na noite da sexta-feira (4). Por volta das 4h da madrugada do sábado, a família recebeu um telefonema. A pessoa que ligou informou que a travesti estaria passando mal, no Jardim Silvestre.

O irmão da vítima foi ao local e, ao chegar, viu que ela estava com uma facada no peito. Uma equipe da Unidade de Suporte Avançado (USA) a levou para Santa Casa de Araraquara.


Leia também:

Professora de Pilates causa após tweets homofóbicos: “Tá liberado matar viado”

1ª travesti a concorrer ao senado, Duda Salabert anuncia gravidez

Os familiares descartam a possibilidade de assalto, visto que a vítima estava com seus pertences de valor: carteira e celular. A assessoria da Santa Casa divulgou informação de que o estado de saúde da vítima é estável.

Em uma postagem no Facebook, o assessor de Políticas Públicas LGBT do município se pronunciou sobre o caso. “Irei atuar firmemente na cobrança de punição a essa pessoa”, afirmou Filipe Brunelli, ao pedir ajuda por informações do agressor.