Teorias do Amor Moderno
Teorias do Amor Moderno (Foto: Divulgação)

O power trio Teorias do Amor Moderno dá um gostinho de seu novo EP, Trilátero, que será lançado em fevereiro. A canção Ao Amor acaba de ganhar um clipe, celebrando a união e as diferenças.

Transitando entre cômodos de uma casa, os músicos mostram que a solução de qualquer conflito é o amor, em todas as suas formas. O clipe foi registrado ao longo de um dia inteiro, na convivência em família, vizinhos e amigos. A produção traz à tona a ideia de que a vida é feita de encontros.

“Ao Amor veio para representar a todos. Mostra como o tempo passa num lapso de segundo e o que o torna único e eterno é o amor. Seja da minha forma, da sua ou do cara que mora no final da rua. É o respeito por toda forma de amor. Ao Amor nos trouxe um pouco de paz nesse momento tão conturbado e cheio de ódio”, conta a vocalista e guitarrista Larissa Alves.


Formada também por William Sales e Maurício Rios, a banda soma 11 anos de estrada. O trio traz em sua essência canções que vão muito além do amor presente no nome, mas passam por toda a experiência do afeto.

LEIA MAIS:

Com rosto machucado, Jussie Smollett aparece pela 1ª vez após ataque homofóbico

Gloria Groove revela ter recebido cantadas de famosos: “Não costumo avançar em flerte”

O clipe

Não por acaso, o roteiro do vídeo privilegia esses princípios. A ideia era passar uma mensagem de diversidade e harmonia, uma convivência pacífica e de respeito entre pessoas de todos os tipos.

“Um dos pontos principais foi com que estivessem apenas amigos, fãs da banda e familiares. Entre eles, a representatividade LGBT era imprescindível principalmente para reforçar a questão de respeito ao amor do próximo. Então temos a participação de LGBTs, héteros, idosos, crianças e tudo em perfeita harmonia, como deveria ser”, reflete Larissa.

O clipe teve direção de Acácio Costa, com assistência de Caique Max. Produção e fotografia ficaram a cargo de Carol Garcia. Já a música vai integrar o EP “Trilátero”, a ser lançado no início de fevereiro.