Deputado Federal Jean Wyllys
Deputado Federal Jean Wyllys (Foto: Reprodução)

A rede de farmácias Panvel pediu desculpas nesta sexta-feira (25), por uma mensagem feita pelo presidente do Grupo Dimed, Julio Mottin Neto, ao se referir a Jean Wyllys (PSOL-RJ). Ao comentar a renúncia do deputado federal e sua saída do Brasil, o empresário disse que ele “não vai fazer falta”.

Em seu perfil oficial no Twitter, o grupo se redimiu pelo post em nome do seu representante. “A Panvel, em nome do presidente do Grupo Dimed, pede desculpas por sua postagem feita ontem à noite. A empresa tem como uma importante premissa o respeito às pessoas e a suas decisões individuais”, informou.

LEIA MAIS:


Kéfera revela que sofreu ameaça de estupro coletivo durante eleições: “Sentimos medo todos os dias”

Viúva de Marielle Franco, Monica Benicio apoia Jean Wyllys: “Tem uma aliada”

Após a repercussão negativa, o perfil do executivo foi desativado, não podendo ser mais acessado nas redes sociais. Jean Wyllys havia sido reeleito em 2018 para seu terceiro mandato na Câmara.

No seu lugar irá assumir o suplente David Miranda. Ao confirmar que deixará o país, o deputado escreveu no Twitter que “preservar a vida ameaçada é também uma estratégia da luta por dias melhores”. 

Presidente do grupo Dimed, Júlio Mottin Neto, faz post sobre Jean Wyllys no Twitter
Presidente do grupo Dimed, Júlio Mottin Neto, faz post sobre Jean Wyllys no Twitter (Foto: Reprodução/Twitter)