monica iozzi
A atriz e apresentadora Monica Iozzi (Foto: Reprodução/Instagram)

Monica Iozzi está de olhos bem abertos para o que o governo Bolsonaro já tem feito nestes poucos dias de mandato, e no que isso influencia a população. Em posts feitos no Instagram, a apresentadora se posicionou em relação às decisões do presidente e mandou um recado para seus apoiadores.

“No país que mais mata LGBTs, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) assinou uma Medida Provisória de nº 870/19 nessa terça-feira (1), que retira a população LGBT da lista de políticas e diretrizes destinadas à promoção dos Direitos Humanos”, destacou Monica.

Após explicar do que se trata a MP assinada por Bolsonaro, Monica finalizou. “Toda minha solidariedade a todos os LGBTs, inclusive àqueles que votaram em Bolsonaro, já que serão atingidos também”.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

No país que mais mata LGBTs […]

Uma publicação compartilhada por Monica Iozzi (@monica.iozzi) em


Leia também:

Ministério da Saúde tira do ar cartilha direcionada à população trans

“Bohemian Rhapsody” e Rami Malek são premiados no Globo de Ouro

Muitos comentários foram feitos em discordância à publicação da apresentadora. “Meu, não somos todos iguais????? Então por que tem que ter grupo exclusivo? Procurem enxergar que acima de LGBTs vocês são humanos como qualquer outro, não há diferença!”, escreveu um usuário da rede social.

De acordo com o RD1, para enfatizar seu posicionamento, Monica não parou por aí. Logo depois, a atriz que também se autointitula feminista mandou um recado para os odiosos. “Por favor, não me siga”, dizia o post.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Monica Iozzi (@monica.iozzi) em