A médica Adele Benzaken
A médica Adele Benzaken (Foto: Reprodução/Youtube)

Com a nova gestão do governo Jair Bolsonaro, o Ministério da Saúde demitiu a médica sanitarista Adele Benzaken, especialista em HIV. As informações são do site da revista IstoÉ.

Especialista no assunto, a profissional de saúde dirigia o Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das ISTs, do HIV e Hepatites Virais. No cargo desde 2106, ela foi responsável por implementar a PrEP. O método funciona como forma de prevenção da doença, através de antirretrovirais.

LEIA MAIS:


Transexual comemora título de eleitor com nome social: “Significa muito”

Com tema militar, Fiákra lança clipe de Legado; Assista

O órgão comandado agora por Luiz Henrique Mandetta informou que a mudança faz parte da nova equipe. O ministro acrescentou que Adele foi convidada para continuar a contribuir para formulação de políticas para o setor.

Apesar disso, Mandetta já havia manifestado descontentamento com algumas atitudes tomadas por Adele em sua gestão do cargo. Ele já havia dito que não concordava com as ações de prevenção e disse ser necessária a adoção de estratégias que não “ofendessem” as famílias.