A cantora Anitta
A cantora Anitta (Foto: Divulgação)

O jornalista Leo Dias concluiu, no fim de semana que passou, a biografia não-autorizada de Anitta. De acordo com Fernando Oliveira, o Fefito da Jovem Pan, o livro será lançado no aniversário da cantora, dia 30 de março deste ano. A editora responsável é a Ediouro.

Na obra, há um capítulo voltado apenas para os casos sexuais de Anitta. Leo Dias escreveu, inclusive, sobre relacionamentos que a cantora manteve com homens e também com mulheres.

Leia mais:


Pabllo Vittar é pioneira em serviço do Spotify e fala sobre direitos LGBTQ+ no Brasil

Mesmo que todos os relacionamentos públicos da cantora tenham sido com homens, o jornalista revela que o histórico é diferente do conhecido por todos. Leo Dias afirma que, desde a época em que morava em Honório Gurgel e não era famosa, Anitta já se envolvia com meninas.

Isso não é novidade para todos, visto que a cantora já se apresentou como bissexual em algumas entrevistas. Uma curiosidade surpreendente contada na biografia é Anitta já fez sexo com um gay assumido da sociedade paulistana.

Veja também:

Silvetty Montilla lança clipe para single Tô Adorando; Assista

O livro aborda, ainda, rivalidades que a cantora já teve no meio artístico. Entre os casos, estão polêmicas com Preta Gil, Pabllo Vittar e Ivete Sangalo. A ideia do lançamento do livro é seja feito na escola municipal onde a estrela estudou no subúrbio do Rio. Neste dia, o apresentador do Fofocalizando pretende doar exemplares da biografia não-autorizada.