kevin fret
O cantor Kevin Fret (Foto: Reprodução)

O cantor e ativista dos direitos LGBTs Kevin Fret foi assassinado em San Juan, capital de Porto Rico. Com apenas 24 anos, Fret foi atingido por vários tiros enquanto andava de moto pelas ruas da cidade.

De acordo com a Billboard, o jovem ainda foi levado ao hospital após o ataque. No entanto, não resistiu aos ferimentos. O crime aconteceu na madrugada desta quinta-feira (10).

Leia mais:


‘Cura gay’ é proibida por profissionais de saúde em Israel

Mais que promessa do Carnaval, novo funk de Gloria Groove é protesto: “Vamos resistir”

Em nota divulgada à imprensa, o empresário do cantor, Eduardo Rodriguez, descreve Fret como “sonhador”. “Kevin tinha uma alma artística, era um sonhador de coração grande. Sua paixão era música, e ainda tinha muito a fazer. Essa violência tem que parar. Não há palavras para descrever o sentimento que temos e a dor que nos causa saber que uma pessoa com tantos sonhos teve que ir. Temos que nos unir nessas horas difíceis, e pedir por mais paz em nosso amado Porto Rico.”

O porto-riquenho foi conhecido pela mídia em 2018, com seu single Soy Asi. A música é descrita como um trabalho que destacou a personalidade feroz de Kevin Fret. Em entrevistas, o artista já havia falado sobre ter vontade de fazer a diferença e abrir portas para artistas LGBTs emergentes.