Angela Gutiérrez, é a 1ª mulher presidente da Academia Cearense de Letras
Angela Gutiérrez, é a 1ª mulher presidente da Academia Cearense de Letras (Foto: Reprodução/Instagram)

Angela Gutiérrez foi escolhida por unanimidade a presidente da Academia Cearense de Letras (ACL). Esta é a primeira vez, em 124 anos, que a Casa será comandada por uma mulher.

A escritora ocupa a cadeira de número 18 desde 1996. Ela é a bisneta do primeiro presidente da Academia, Tomás Pompeu de Sousa Brasil. “Tenho o sentimento bom de que estou dando continuidade a um processo. Pretendo dar foco a autores cearenses de diferentes setores da sociedade, aproximando a Academia das pessoas.”, disse em entrevista ao Diário do Nordeste.

LEIA MAIS:


Esporte Clube Bahia anuncia campanha de visibilidade a torcedores trans

Prefeitura de Salvador abre vagas para atuação contra racismo, LGBTfobia e machismo no Carnaval

A nova presidente que ocupa o cargo até o final de 2020. Ela comentou como ser a primeira do sexo feminino, pode abrir espaço para outras mulheres ocupar o mesmo cargo no futuro.

“Quando uma mulher abre uma porta, ela não abre só para ela, mas deixa aberta para as outras.”, disse ela que promete criar iniciativas para incluir também autores negros, indígenas e LGBTs.