fefito
Jornalista Fernando Oliveira, o Fefito (Foto: Reprodução/Instagram)

A fala de Ronaldo Ésper sobre sua sexualidade não agradou muitas pessoas da comunidade LGBT. Dentre as pessoas que discordam, está o jornalista Fernando Oliveira, conhecido também como Fefito. Durante o Morning Show desta quinta-feira (20), o apresentador expôs sua opinião sobre o caso.

Para Fefito, a posição de Ronaldo Ésper sequer é surpresa. “Ronaldo sempre foi uma pessoa que tentou negar sua sexualidade várias vezes. Não é segredo, ele tentou fazer isso para agradar uma parcela de pessoas da vida dele. Fossem patrões ou fãs. Sempre tentou se encaixar de uma maneira esperada numa sociedade heteronormativa”, opinou o jornalista.

“Não é de hoje que a gente vê o desespero do Ronaldo de tentar se encaixar de um lado, e quando não dá certo, ir pra outro. Tanto que a gente já viu, também, ele pelado em balada. Quando ele tentava causar, causava mesmo. O Ronaldo sempre esteve muito confuso quanto a isso”, continuou


Leia também:

Rodrigo Simas surpreende ao aparecer só de sunga em meio a neve

Netflix renova ‘Grace and Frankie’ para a sexta temporada

Durante o programa da Jovem Pan, Fefito ainda falou sobre a posição do estilista ser desleal. “Acho que ele presta um grande desserviço ao falar que ele foi amaldiçoado, que se tornou homossexual por maldição. Porque assim, a ciência já comprovou. A gente tem descarga hormonal no cérebro quando ainda tá na barriga na mãe. A gente tem questão genética, inclusive”.

A justificativa da religião

No que se refere a usar a religião para construir uma opinião, Fefito também dá sua opinião. “Cada um exerce sua fé do jeito que quiser, cada um tolhe o seu desejo do jeito que quiser. O Ronaldo devia estar mais preocupado em dar bem estar a quem está oprimido, com medo de sair do armário pra família, ou viver a sua verdade. E é muito curioso só usar versículo da Bíblia quando é conveniente, e olha que quem tá falando é um cristão”, finalizou o apresentador.