bolsomito
Jogo 'Bolsomito 2k18' (Foto: Reprodução)

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDF) decidiu pela suspensão de vendas do jogo ‘Bolsomito 2k18‘. Na narrativa do game, o jogador é o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) e seu objetivo é matar o exército vermelho. Os membros desse exército, no caso, são mulheres, negros, LGBTs e militantes de esquerda.

De acordo com o G1, a ação solicitada pelo Ministério Público do Distrito Federal foi negada em primeira instância. Nesta quinta-feira (20), o TJ tomou decisão favorável ao recurso de promotores. Por isso, a empresa responsável, Valve Corporation, deve suspender as vendas do jogo.

Na decisão, assinada pelo desembargador Álvaro Ciarlini, é destacado o teor violento do jogo. O texto diz que Bolsomito 2k18 “promove desvalores como a discriminação racial, o preconceito e a violência. Esses desvalores convergem para a afirmação da desigualdade política e jurídica”.


Veja também:

Aposta do pop nacional 2019, Rubinger lança “Fácil Assim”; Ouça

Presídio desativado em SP é cenário de novo clipe de Gloria Groove

De acordo com a descrição do jogo, seu objetivo principal é “acabar com os líderes do temido exército vermelho, responsável por alienar e doutrinar grande parte da nação, para que defendam e lutem por suas causas terríveis”.

A partir do momento que a empresa receber a notificação da Justiça, terá até cinco dias úteis para cumprir a decisão. Caso desobedeça, a multa prevista é de R$ 100 mil reais por dia.