Fachada da delegacia de polícia de Aliança, em Pernambuco
Fachada da delegacia de polícia de Aliança, em Pernambuco (Foto: Reprodução/Google Street View)

Um homem confessou ter matado a golpes de enxada e facão o seu vizinho na Zona rural de Aliança, Zona da Mata Norte de Pernambuco. O motivo para o crime seria o fato da vítima manifestar interesse de manter relações sexuais com ele.

O assassino confesso detalhou à polícia ainda como  esquartejou, decapitou e queimou partes do corpo do rapaz. O crime aconteceu no fim da noite de quarta-feira (5), em Vila Lindaura, na localidade de Chã do Esconso. Já a prisão aconteceu na manhã de quinta (6), na sua própria casa. Segundo as autoridades no momento do flagrante, o homem ainda apresentava marcas de sangue nas roupas.
Ao G1, a delegada Maria de Lourdes contou que o acusado bebia cachaça com Rafael Leopoldino da Silva, que “começou a fazer gracinhas e disse que queria fazer sexo com ele. Então ele disse que ‘era homem’ e pegou a enxada e o facão”, relatou.
LEIA MAIS:

Assassino relata crime

Rafael foi atingido na cabeça com o instrumento utilizado na agricultura. Logo depois teve os braços e pés retirados com o facão, que foram incendiados. O autor do crime colocou a cabeça da vítima em um saco e mostrou a outro vizinho que o mandou correr.
“Essa pessoa contou tudo e a gente foi até a casa do autor do crime. Até a maçaneta da porta estava suja de sangue”, contou a policial.

Outros crimes

A delegada informou também que o homem já tinha sido responsável por outros três assassinatos em Camaragibe, no Grande Recife, além de envolvimento em assaltos e tráfico de drogas na mesma região. Ele teria ido até Aliança para fugir do Grande Recife.