Marco Nanini
Marco Nanini participa de 'Greta' (Foto: Reprodução)

O cinema brasileiro, especificamente a talentosa produção nordestina, emplacou dois longas no Festival de Berlim 2019. Greta e Estou me Guardando para Quando o Carnaval Chegar participarão da mostra Panorama seção paralela à competição principal.

De acordo com o TNH1, Greta simboliza a estreia do diretor cearense Armando Praça. O roteiro dramático gira em torno da história de um enfermeiro homossexual. Ele é amigo de uma travesti em estado terminal, que tem afeto por um jovem com problemas policiais.

O elenco do filme conta com os brilhantes Marco Nanini, que já falou publicamente sobre ser gay, e Denise Weinberg.


Leia também:

“A partir de agora, pensem duas vezes” dispara Jean Wyllys sobre fake news

Youtuber LubaTV critica Kéfera e confusão divide opiniões na internet

A mostra alemã é uma das mais importantes do segmento artístico a que se propõe abordar. Em 2019, acontece de 7 a 17 de fevereiro. Na competição principal, disputam os novos longas do francês François Ozon, Graças a Deus; do canadense Denis Côté, Diretório ausente de Volles; e do alemão Fatih Akin, A Luva de Ouro.

Neste ano, o longa brasileiro que também tem temática LGBT, Tinta Bruta, participou do Festival de Berlim. O filme dos gaúchos Filipe Matzembacher e Marcio Reolon venceu o prêmio Teddy.