Agressão contra mulher
Agressão contra mulher (Foto: Reprodução/Internet)

Um homem não conseguiu lidar com a rejeição de uma mulher lésbica e quebrou o seu nariz. O britânico de 26 anos teve a atitude enquanto estava bêbado e tentou transar com a jovem que seria sua amiga.

O caso aconteceu em agosto do ano passado, e teve a audiência decisiva do julgamento recentemente. Olarenwaju Adetunji voltou para a casa da vítima após a noitada. O rapaz deu a justificativa que ficaria lá por ser mais próximo de ir ao seu trabalho no outro dia. A garota não viu problema no pedido e até mesmo deixou ele dormir na sua cama já que julgava serem apenas amigos.

Ela relata que no meio da noite acordou com o acusado em cima dela tentando lamber sua orelha. Ao perceber a situação, ela pulou da cama e questionou a atitude. Foi neste momento que ele simplesmente se dirigiu para bem próximo e lhe deu um soco no nariz.


O juiz da Corte de Plymouth entendeu que Adetunji tentou se aproveitar da situação. E o acusou de agressão causando danos corporais reais a reclamante. As informações são do jornal britânico Metro.

LEIA MAIS:

STF adia para fevereiro julgamento sobre criminalização da homofobia

Público aprova fetiche de delegado por calcinhas em novela da Globo

Em seu depoimento, o rapaz se disse culpado pelo ocorrido  e confirmou que a amiga nunca havia lhe dado esperanças quanto o consentimento de um ato como este. A sentença pede que ele se mantenha afastado da vítima e cumpra serviço comunitário.

“Ela está aguardando a cirurgia e isso definitivamente mudou sua personalidade. O ataque foi motivado pela rejeição. Ele sabia que ela era lésbica, e independente disso, eles eram amigos apenas.”, declarou o advogado da mulher.