Casal posando com a bandeira LGBT em Bonito, MS
Casal posando com a bandeira LGBT em Bonito, MS (Foto: Reprodução/Bonito LGBT+)

Em busca de contribuir com o ecoturismo, ao mesmo tempo que promove a diversidade, o projeto Bonito LGBT+ tem conquistado adeptos.

Com o tema “Você ainda não conhece Bonito? Não acredito!”, o projeto atua principalmente nos arredores de Bonito, município do Mato Grosso do Sul.

De acordo com o site institucional, o “Bonito.LGBT nasceu a partir de um desafio de uma reunião corriqueira de trabalho. Um determinado companheiro encontrava dificuldade em atingir as metas estabelecidas e estava por buscar um novo rumo. Então lhe foi proposto o seguinte: crie algo que você goste, que esteja alinhado com as necessidades da empresa e que você se sentirá dono da ideia e a executará com maestria. No dia seguinte, a ideia foi apresentada, a proposta foi aceita e a criação tomou forma. Nasceu o BonitoGay.com.br”


Leia mais:

Anitta posta foto ao lado de Madonna e agita redes sociais: “Aprendizado para a vida”

Advogado chama juiz de “Capitão Gay” em defesa de processo, em São Paulo

Posteriormente, o projeto virou uma agência e se chama Bonito LGBT+. Segundo Rafael Leick, que já experimentou o serviço, a agência é mais do que só mais uma empresa a fim de ganhar o famoso pink money.

“É legal ver projetos onde não rola só interesse próprio ou somente o financeiro. Claro, todo mundo precisa fazer a roda econômica girar, mas eles têm feito seu trabalho no sentido de conscientizar o trade turístico do porquê é importante receber bem esses turistas e abrindo diálogo e conversas sobre o assunto”, contou em seu blog.