A cantora Halsey
A cantora Halsey se apresenta no Victoria's Secret (Foto: Divulgação)

Atração do desfile deste ano, a cantora Halsey criticou a posição da Victoria’s Secret de recusar abrir espaço para modelos transgênero e plus-size. Em seu perfil no Instagram, neste domingo (02), a artista rebateu as declarações do diretor de marketing Ed Razek.

Ela contou que não poderia ignorar comentários feitos após a apresentação. A musicista pediu aos fãs que aproveitassem a oportunidade para conhecer a GLSEN. A ONG protege jovens LGBTQ+. Halsey ainda deixou um recado a quem se sentiu ofendido pelas declarações de Razek.

“Se você é uma pessoa trans e está lendo isso e os comentários fizeram você se sentir alienado ou invalidado, por favor saiba que você tem aliados. Nos solidarizamos e a completa e total aceitação é a única ‘fantasia’ que eu apoio.”, afirmou.

Resposta da marca


A marca pediu desculpas pelas declarações do diretor em suas redes sociais nas quais admitiu ter sido insensível. O comunicado ainda afirmou que houve casting com modelos trans que, como tantas outras, não passaram para a fase final.

‪💕🦋💕 @GLSEN – glsen.org‬

Uma publicação compartilhada por halsey (@iamhalsey) em