Aplicativo Grindr
Aplicativo Grindr (Foto: Reprodução/Internet)

O presidente do aplicativo gay Grindr, Scott Chen, surpreendeu ao afirmar que casamento é só entre homem e mulher. A declaração foi feita em sua conta do Facebook e causou polêmica.

“Casamento é um matrimônio sagrado entre um homem e uma mulher.”, afirmou o chinês em um referendo recente que rejeitou o casamento gay em Taiwan.

Questionado pelo seu posicionamento, enquanto à frente do app LGBT, o executivo respondeu mostrando que não mudou de visão. “Algumas pessoas pensam que o casamento é um matrimônio sagrado entre um homem e uma mulher e eu acho isso também.


LEIA MAIS:

52% dos novos deputados federais são a favor da criminalização da homofobia, revela levantamento

Corte Européia proíbe Rússia de barrar a realização de Paradas LGBT

“Mas isso é problema meu. Sou um homem hétero, casado com uma mulher que eu amo e tenho duas filhas lindas deste casamento. É isso que eu penso sobre isso. Outras pessoas têm seus sentimentos sobre o tema”, disse.

Apesar do argumento conservador, Chen, contraditoriamente, garantiu que é a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo. O executivo assumiu o app em agosto, através do Kunlun Group.