Estudante denuncia ataque homofóbico em Colégio no Rio
Estudante do Colégio Visconde de Cairú no Rio levou oito pontos na cabeça após agressão (Foto: Reprodução/Facebook)

A polícia do Rio de Janeiro prendeu um homem suspeito de agredir dois rapazes por motivação homofóbica no fim do mês passado. O caso aconteceu no colégio Estadual Visconde de Cairu, no Méier, Zona Norte do Rio, e o autor do crime era estudante da instituição assim como as vitimas.

O delegado Hilton Alonso, da 23ª DP, contou que o agressor esperava os seus alvos do lado de fora da sala. Assim que eles saíram foram surpreendidos com pauladas.

Apesar de estar foragido desde o ocorrido, o acusado foi encontrado através das publicações nas suas redes sociais.


“No dia 13, ele apresentou a sua versão alegando ter sido assediado pelas vítimas. Só que não conseguiu comprovar o motivo de, 20 minutos após esse primeiro incidente, ter retornado a esse colégio com um pedaço de pau.”, afirmou Alonso ao G1.

LEIA MAIS:

Travesti é morta com três tiros na cabeça em Vitória da Conquista (BA)

Sexualidade pode ser definida pelas mãos, diz estudo

O delegado entendeu que, por desferir golpes de forma violenta na cabeça de um e no ombro, a intenção do agressor era de matar as vítimas.

A polícia ainda apura a participação de outros três rapazes no crime. O delegado afirmou ainda que um deles já foi identificado.