Livro
Livro "O Cavaleiro e o Lobisomen" (Foto: Divulgação)

O  psicólogo Alexandre de Souza Amorim decidiu escrever “O Cavaleiro e o Lobisomen – Uma História de Coragem”. Livro inspirado pela falta de representatividade LGBT nas obras dedicadas às crianças.

A ideia de redigir a história surgiu de necessidade de mostrar a visibilidade à filha, adotada pelo autor e também o marido. “Desde bebê nossa filha sempre teve contato com livros. Livros travesseiros, livros brinquedos. Hoje ela está com dois anos e eles são uma das grandes paixões dela.”

“Certo dia estava conversando com pais gays, que se queixaram da falta de livros com personagens LGBTQI+ no Brasil. Sei da importância da representatividade das nossas famílias  contra a homofobia e a violência de todos tipos. Então decidi escrever um conto de fadas porque quero que minha filha cresça em um mundo com menos diferenças e mais amor”.


LEIA MAIS:

Pabllo Vittar surpreende pela beleza em selfie e é comparada a boneca Barbie

Loja revisita trajetória de Elton John em campanha de natal emocionante

O livro

“O Cavaleiro e o Lobisomen” conta a história do jovem Kevin, que sonha em se tornar um cavaleiro de seu reino. A pedido do rei, ele sai em busca da princesa e o príncipe Noah.

 Logo, ele descobre que a criatura nada mais é do que o próprio príncipe. Os dois irmãos fugiram de casa por medo que o Rei não aceitasse o príncipe do jeito que ele é.

A produção traz uma linguagem sutil. O escritor se mostrou satisfeito com o resultado. “Estou muito feliz por esse sonho se tornar realidade. E fico mais feliz em saber que minha filha e outras crianças podem ter um livro que pode servir como uma porta de entrada para conversar sobre preconceitos e diferenças.”, conclui Amorim.