Postêr do filme Fluidity
Postêr do filme Fluidity (Foto: Divulgação)

Fluidity, novo longa independente da diretora premiada Linda Yellen, é muito mais do que apenas um filme adolescente. O filme é um vislumbre de uma geração onde gênero e sexualidade não são mais limitados.

Com um elenco diverso da comunidade LGBTQIA+ como a modelo trans Leyna Bloom e Nico Tortorella e Tommy Dorfman.

A produção conta a história de 10 jovens que vivem em Nova Iorque, e têm suas vidas conectadas através das redes sociais. E aborda a influência da era digital dentro dos relacionamentos e da intimidade entre as pessoas.


LEIA MAIS:

Mariana Santos revela que já se relacionou com uma mulher: “Sou muito tranquila com a minha sexualidade”

Namorado de Laverne Cox se declara e faz apelo para aqueles que se relacionam com pessoas trans: “Precisamos nos livrar da vergonha”

“Eu acho superimportante o que a Linda está fazendo. Ela criou personagens completos e que não vivem em um mundo típico cisgênero.”, comenta Tommy Dorfman que interpreta um dos personagens centrais do filme.

Junto a ele está Rain Dove, ativista LGBT e modelo sem gênero. O defende que gênero e sexualidade é apenas quem cada indivíduo é e não algo com que as pessoas precisam ter fluidez. E essa é a principal temática do filme. Fluidity, que ainda está em pós-produção, deve sair no próximo ano.