Ambiente de trabalho
Ambiente de trabalho (Foto: Reprodução/Internet)

Estudos já comprovaram que empresas inclusivas tendem a render mais lucro. Um levantamento da consultora McKinsey, mostrou que a diversidade de gênero pode obter 21% a mais na receita de uma companhia.

Pensando nisso, que engenheiros brasileiros decidiram criar uma plataforma de troca de experiências entre trabalhadores sobre uma determinada empresa.

Intitulada Incluser, a página deve incluir experiências de atuais e antigos funcionários dentro daquele ambiente de trabalho. O lançamento deve acontecer no primeiro trimestre de 2019.


A partir de quatro marcadores, pessoas poderão consultar se determinado local de trabalho é inclusivo em questões de: gênero, raça, sexualidade e deficiência física.

LEIA MAIS:

Após fim de “Segundo Sol”, Luis Lobianco viaja junto com marido para Portugal

Jovem norte-americano denuncia Uber de oferecer sexo como pagamento de corrida

Objetivo

Danielle Ucha Rocha, uma das criadoras da plataforma, junto com Gustavo Venâncio, contou em entrevista ao UOL a importância da plataforma. “Muitas vezes as empresas investem em diversidade, em fazer treinamentos e palestras. Apesar disso, elas não sabem se estão aumentando a satisfação dos funcionários diversos ou melhorando a imagem no mercado.”

“A Incluser pretende fazer uma ‘fotografia’ da diversidade dessas companhias e mostrar, objetivamente, os caminhos para as empresas melhorarem”, explicou.

O site deve prestar ainda consultoria para que as corporações possam tornar-se mais inclusivas. “O futuro já abarca a diversidade com ele. Ter estratégias de crescimento e para reter funcionários diversos, porque é isto que vai fazer toda a diferença no mercado.”