Dulcineia Enferrujada
Dulcineia Enferrujada (Foto: Elisa Mendes/Divulgação)

Como músicos e casal, Gabriel Alyrio e Tiago Tortora são uma dupla há 12 anos. Mas é com “Mergulho” que eles fazem sua estreia musical assinando como Dulcineia Enferrujada. No single, lançado pelo selo Cantores del Mundo e disponível nas plataformas de música digital, medo e insegurança são dissolvidos com arte, natureza, fé e amor.

Através da música que Gabriel e Tiago se afirmam ainda mais como artistas e como casal. Primeira amostra do álbum, “Mergulho” trata das dúvidas sobre o volta da dupla ao Brasil, depois de cinco anos na Suíça. O retorno envolto em crise política e econômica. O canto de Gabriel funciona como um chamado dando força para os dois voltarem ao país-natal.

Os poemas no final da canção são de autoria de Tiago, e, declamados juntos, misturam os temas sobre a herança cultural brasileira, o trabalho não valorizado, a construção da cidade, a transição das eras e os deuses da criação/destruição que ensinam que dos momentos difíceis nasce a mudança.


LEIA MAIS:

Fernanda Gentil rebate seguidor que fez comentário preconceituoso

Margot Robie torce para que a relação entre Arlequina e Hera Venenosa seja abordada nos filmes da DC

O állbum

O álbum de estreia conta a história desses 12 anos de namoro. As canções passeiam desde o início da relação, conhecendo um ao outro e desbravando experiências. Passando pela mudança para a Suíça, a volta ao Brasil e o entender-se como artista.

A estreia de Dulcineia Enferrujada foi toda construída com a Areia Produções Musicais. A direção artística é de Caio Riscado e conta com guitarras de Diogo Sili, baterias de Lourenço Vasconcellos. Arranjos, base eletrônica, teclado e baixo synth do produtor Guilherme Marques.

Ouça “Mergulho”: