Casamento entre pessoas do mesmo sexo
Casamento entre pessoas do mesmo sexo (Foto: Reprodução/Pixabay)

Após se tornar o primeiro país do mundo a proibir o casamento homoafetivo depois de torná-lo legal, Bermudas voltou atrás novamente. A Suprema Corte decidiu liberar definitivamente a união entre pessoas do mesmo sexo.

A nova legislação acontece depois de muita discussão a respeito do passo para trás dado em fevereiro de 2017. A novidade foi recebida com festa pela comunidade LGBT local, que comemorou a vitória nas redes sociais.

LEIA MAIS:


Mulher cis em tratamento contra câncer sofre agressão ao ser confundida com trans

Casal gay adota criança rejeitada por três famílias em Goiás

“#LoveWins para #Bermudas, celebramos justiça, igualdade pra todos com a decisão histórica da Corte. Nossa gratidão a todos os amigos da campanha #OUTBermuda, ativistas e advogados que trabalharam pela causa”, afirmou a campanha OUT Bermuda no Twitter.

Apesar do clima de comemoração, a sentença não é definitiva. O governo pode recorrer da decisão em até 21 dias. Acredita-se no entanto, que desta vez a norma será respeitada.