Theodoro Cochrane e José Loreto em
Theodoro Cochrane e José Loreto em "O Sétimo Guardião" (Foto: Divulgação/TV Globo)

Adamastor (Theodoro Cochrane) vai sofrer um ataque homofóbico de Júnior (José Loreto) no capítulo desta sexta-feira (23), de “O Sétimo Guardião”. Embriagado, após receber um fora de Luz (Marina Ruy Barbosa), o playboy ameaçará degolar o recepcionista.

Tudo começa depois que o valentão irá comprar briga com o rival Gabriel (Bruno Gagliasso). O rapaz vai intimidar o desmemoriado e chegarão às vias de fato. Mas os dois serão separados por Sóstenes (Marcos Caruso).

Chateado, o rapaz vai até o bordel e toma um porre. Depois de importunar a todos será convidado a sair do local, mas se recusará. Júnior quebrará a piteira do cigarro do braço direito de Ondina (Ana Beatriz Nogueira) e ameaçará cortar o pescoço dele.


Nem mesmo a presença da cafetina fará o vilão parar. “Não chega perto! Nem tenta me levar na conversa. Só tem um jeito de evitar que eu corte o pescoço dessa gazela”, esbravejará o playboy. “Eu não sou gazela”, resmungará o recepcionista. “A Luz tem que me pedir pra soltar a faca. É ela, ou nada”, insistirá o homofóbico.

LEIA MAIS:

Sensual, Nanda Costa posa em banho de banheira e arranca elogios:”Que linda!”

Em depoimento, namorado admite assassinato de travesti e diz que gastou o dinheiro da vítima após o crime

Luz convence Júnior

Logo a notícia chegará ao conhecimento da mocinha que vai ao prostíbulo junto com os pais do rapaz Eurico (Dan Stulbach) e Marilda (Letícia Spiller). “Me dá a faca, depois vai embora com eles. E pede perdão aos dois no caminho de casa”, dirá.

“Eu te amo, Luz. Será que você não entende?”, vai disparar Júnior, chorando. Ela afirmará que entende e fica triste. “Mas não posso fazer nada”, lamentará.

Luz conseguirá tirar a faca da mão de Júnior, que será amparado pelos pais. Depois disso, ele ainda será obrigado a pedir desculpas a Adamastor.