A jornalista trans Alanna Rocha
A jornalista trans Alanna Rocha (Foto: Divulgação/TV Aratu)

A jornalista Alanna Rocha, única transexual até então a trabalhar em um núcleo de jornalismo da TV no Brasil, foi dispensada da TV Aratu, afiliada do SBT, em Salvador, nesta segunda-feira (1°), após declarar apoio em sua rede social ao candidato ao governo do estado da Bahia, Rui Costa (PT).

De acordo com o site Na Telinha, o desligamento da apresentadora aconteceu no início da tarde por um dos gestores de conteúdo da emissora, Matheus Carvalho. Na web, ela anunciou a demissão que classificou como o fim de um sonho.

LEIA MAIS:


Pai sai em defesa do filho gay que viralizou após manifestação contra Bolsonaro

Maquiador afirma ter sido esfaqueado por motivação homofóbica em SP; Polícia investiga caso

A dispensa aconteceu após Alanna gravar um vídeo no qual demonstra apoio a candidatura de Rui Costa e também o presidente Fernando Haddad. Com a repercussão, as imagens foram utilizadas com devida autorização, na campanha, e por isso, o canal local achou que a figura da sua então contratada estava atrelada ao candidato.

Alanna afirmou não entender o motivo para a dispensa, além de afirmar que nunca recebeu nenhuma orientação para uma proibição de manifestação política em suas redes sociais de cunho pessoal. Ela estava na emissora desde abril do ano passado e apresentava o policial “Ronda”.

DEIXE UMA RESPOSTA