Transexual é espancada por quatro homens em Nova Iguaçu, no Rio

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma transexual identificada como Julyana Barbosa foi brutalmente agredida por quatro homens no último sábado (06), na cidade de Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro. O caso foi registrado como lesão corporal com motivação transfóbica.

De acordo com o jornal Extra, a técnica de enfermagem foi abordada pelos agressores quando retornava de uma boate. “Estava subindo a passarela, quando eles começaram a me ofender”, declarou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

LEIA MAIS:

Pabllo Vittar fala sobre inspirações para novo álbum: “Referências da infância e adolescência”

Roger Waters volta a criticar Bolsonaro em 2º show em São Paulo

Ela relatou que ouviu insultos como: “‘Olha o tamanho do viado! Bolsonaro tem que ganhar para tirar esses lixos da rua. Deve estar com Aids.” Ao tentar tirar satisfações com os acusados a trans foi atacada. Eu perguntei quem tinha dito aquilo. Foi quando um deles pegou uma barra de ferro e acertou minha cabeça. Caí e os quatro vieram para cima“, continuou.

Julyana afirmou ainda que conseguiu fugir do grupo e foi socorrida pelos seus irmãos ao chegar em casa, sendo levada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Queimados, onde foi atendida e passou por sutura, levando dez pontos na cabeça.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio