A cantora Taylor Swift
A cantora Taylor Swift (Foto: Divulgação)

Após multiplicar os registros de eleitores no Tennessee, ao se posicionar politicamente contra a candidata ao senado Marsha Blackburn e seu apoio aos membros do partido Democrata que estão concorrendo a uma vaga ao cargo, a cantora Taylor Swift viu sua popularidade também aumentar.

De acordo com a pesquisa divulgada pela YouGov, empresa de pesquisa de marketing global, 29% dos norte-americanos declararam gostar mais dela após seu texto publicado no seu perfil no Instagram. Em contrapartida, outros 19% desaprovaram os argumentos da famosa e passaram a gostar menos.

LEIA MAIS:


Mateus Carrilho curte noite na boate no clipe de “Não Nega”; Assista

Austrália pode permitir que escolas religiosas recusem matrículas de alunos LGBTs

Swift publicou nas redes sociais um texto que condenava a posição da candidata ao senado Marsha Blackburn que se mostrou contra com o casamento homoafetivo e também o apoio a redução salarial para mulheres.

“Eu acredito na luta pelos direitos LGBTQ, e que qualquer forma de discriminação baseada em orientação sexual ou gênero é ERRADA. Acredito que o racismo sistêmico que ainda vemos neste país em relação às pessoas de cor é aterrorizante, repugnante e predominante. Eu não posso votar em alguém que não esteja disposto a lutar por dignidade para TODOS os americanos, não importa a cor da pele, gênero ou quem eles amam”, afirmou a artista no post.