Leonardo da Vinci
Leonardo da Vinci (Foto: Reprodução)

Um dos personagens mais emblemáticos de toda a história, tido como uma das mentes mais inteligentes já existentes, a vida de Leonardo Da Vinci ganhará nova produção de TV, dessa vez sem ter sua homossexualidade omitida.

De acordo com informações da revista Variety, a série-documentário está sendo produzida pelo canal italiano RAI e tem como roteirista Steve Thompson, o mesmo da série “Sherlock”.

Intitulada “Leonardo”, a obra sobre a vida do renomado artista e criador italiano será baseada na biografia escrita pelo historiador Walter Isaacson, lançada no ano passado.


Leia mais:

Autor de biografia de Leonardo da Vinci afirma que gênio era gay

‘Me inspiro em meus fãs gays’, afirma Cher

“Ele [Da Vinci] era muito ousado para os costumes daquela época. Uma criança que não compreendiam, gay, vegetariano e canhoto”, diz a diretora do canal RAI, Eleonora Andretta.

A série-documentário tem previsão de estreia para 2019 quando completará 500 anos da morte de Leonardo Da Vinci. Cada episódio deverá ter como base suas obras primas, sendo a mais famosa “Mona Lisa”.

Sobre a homossexualidade do pintor, o biógrafo afirmou que ele não tinha vergonha de sua homossexualidade.

“Pelo contrário. Em suas anotações e evidências há provas suficientes de que ele não tinha qualquer vergonha de seus desejos por homens. Em desenhos, anotações e rascunhos, ele mostra seu fascínio pelo corpo masculino”, destacou.