Apenas os países da Europa não criminalizam a homossexualidade
Senado abre votação sobre criminalização da homofobia (Reprodução)

Em novembro o Supremo Tribunal Federal votará proposta que pede a criminalização da LGBTfobia. Agora, o Senado abriu uma consulta pública para saber da população o que eles pensam da criação de uma lei que puna aqueles que forem pegos discriminando pessoas em decorrência de sua orientação de sexual ou identidade de gênero.

A consulta se refere ao Projeto de Lei do Senado nº 515/2017, de autoria da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa.

Leia mais:


Contrário às pautas LGBT, Magno Malta perde e está fora do Senado

STF diz que mulher de deputado pode processar senador que insinuou que seu marido é gay

A consulta permite que o cidadão comum vote “sim” ou “não” sobre a alteração da Lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989, e o Decreto-Lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940 – Código Penal, que visa punir a intolerância motivada por preconceito e discriminação de pessoa idosa condição de pessoa idosa ou com deficiência, gênero, sexo, orientação sexual ou identidade de gênero.

Para votar na consulta pública do Senado basta clicar aqui.