A apresentadora Rafa Brites
A apresentadora Rafa Brites (Foto: Reprodução/Instagram)

A apresentadora Rafa Brites fez um desabafo nas redes sociais sobre um incidente sofrido pela sua irmã Gabriela Brites, lésbica assumida, nesta segunda-feira (29). De acordo com a contratada da Globo, o episódio aconteceu após a vítima votar no domingo (28) e o autor da agressão seria um eleitor do presidente Jair Bolsonaro.

Quando soube do incidente, ela publicou parte da conversa nas redes sociais. “Só para esclarecer, este print que vocês acabaram de ver aí, não foi com a prima da vizinha, chegou por Whatsapp. Não, não. Foi com a minha irmã. A minha irmã apanhou ontem, em São Paulo. E ela apanhou, porque um cara de família, né, que inclusive estava com a família, passou e falou isso: ‘Bolsonaro 17, vamos acabar com todos os veados (sic) e todos os pretos’. Foi isso que minha irmã ouviu antes de apanhar”, relatou a esposa de Felipe Andreoli visivelmente desapontada em vídeo.

LEIA MAIS:


Em entrevista ao JN, Bolsonaro diz que agressores de LGBTs devem ter “pena agravada”

“Maneira de zoar a sociedade”, afirma RuPaul sobre ser drag queen

Em entrevista ao UOL, a famosa, assegurou que a sua familiar passa bem. “Graças a Deus ela não teve ferimento grave. O cara falou que ia acabar com os ‘veados’ e pretos. Minha irmã é gay, ele falou isso, ela se sentiu ofendida. Mas, nada justifica. Nada justifica nenhum tipo de ódio. Quando eu postei, algumas pessoas começaram a xingar, a fazer comentários ruins sobre a situação e isso também não é legal. A gente está numa eleição democrática e todo mundo tem o direito de dar a sua opinião política”, declarou.

“A gente precisa colocar fim nessa onda de ódio. A gente precisa defender essas pessoas que estão sofrendo agressões. Este não é o caminho, não é assim que o Brasil vai acabar com a corrupção, com falta de escolas, hospitais, vocês acham? Então, se você não concorda com nada disso, está na hora de se mexer para defender essas pessoas, porque elas estão sofrendo muito”, pediu.