O primeiro homem trans a passar por cirurgia de redesignação no Brasil João W. Nery
O primeiro homem trans a passar por cirurgia de redesignação no Brasil João W. Nery (Foto: Divulgação)

Após a confirmação da morte de João Nery, 68 anos, na última sexta-feira (26), personalidades da cena LGBT brasileira se manifestaram lamentando a notícia.

João Nery ficou conhecido por ter sido o primeiro homem trans do país, e por seu pioneirismo no ativismo pelos direitos dos transgêneros brasileiros.

Leia mais:


O que os LGBTs do Brasil podem aprender com a “burrice” de Caitlyn Jenner nos EUA?

Morre João Nery, primeiro homens trans do Brasil

Em seus anos de vida pública, o ativista e escritor, autor de livros como “Viagem Solitária – Memórias de um Transexual 30 anos Depois”, serviu de referência para estudiosos do tema (além de inspiração para a composição do personagem Ivan, de “A Força do Querer”) e para outros trans a entenderem e aceitarem sua identidade de gênero.

Lamentaram a morte de Nery nomes como o deputado federal Jean Wyllys, a cartunista Laerte, a autora Gloria Perez, os ativistas Luiz Mott, Eliseu Neto, Lirous Ávila e a atriz transexual Maria Clara Spinelli.

João W. Nery foi um herói. Ousou ser o homem lutador que quis ser, e iluminou nosso planeta com sua masculinidade serena e afetuosa. Não será esquecido. Nem hoje, nesse tempo de machices fanfarronas, nem nunca.

Publicado por Laerte Coutinho em Sexta, 26 de outubro de 2018

João Nery faleceu.Decano dos homens trans do Brasil. Um amor de criatura.

Publicado por Luiz Mott em Sexta, 26 de outubro de 2018

Em luto

Publicado por Eliseu Neto em Sexta, 26 de outubro de 2018

Meu amigo, amado, Deus, Ídolo, Rei, Professor, Pai, João Nery veio a falecer. Que as boas energias o acolha.Sigamos em frente na nossa luta.Pois 'Luto' é verbo e Nery vive em nós!

Publicado por Lirous K'yo Fonseca Ávila em Sexta, 26 de outubro de 2018