Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução)

Dez ONGs que defendem os direitos das mulheres, negros e LGBTs  se juntaram para proteger as vítimas que relataram sofrer ataques destas minorias, por apoiadores do presidente eleito Jair Bolsonaro, e lançaram a campanha #NinguémFicaPraTrás. As informações são do site Metropoles.

Para fortalecer a atuação das cinco entidades, a ação visa arrecadar uma quantia no valor de R$ 250 mil, através de doações feitas pelo site, no qual é possível oferecer quantias de a partir de R$ 20, doações acima dos R$ 150 dão direito a recompensas.

LEIA MAIS:


Marielle Franco ganha homenagem com nome de rua em Salvador

Rafa Brites denuncia ataque homofóbico de eleitores de Bolsonaro sofrido por sua irmã

O All Out, a Rede Feminina de Juristas, o Nossas e a página Quebrando o Tabu são alguns destes grupos que fazem parte da iniciativa.

“Somos organizações, cidadãs e cidadãos preocupados com o que a vitória de Bolsonaro significa para o país. Preocupados mais ainda com o que essa vitória significa para os grupos que já são alvos de crimes de ódio, que já estão se intensificando. Entendemos que o mais importante no momento é fortalecer essa resistência, de quem está na ponta, na luta diária contra o preconceito e a intolerância. Somos muitos e somos maiores que o ódio”, explicam no texto de apresentação da campanha.