Monique Evans acusa diretor do TV Fama de assédio moral: “Me ridicularizava por causa da minha depressão”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Encorajada pela ex-BBB Íris Stefanelli, Monique Evans também decidiu denunciar o diretor do TV Fama, de assédio moral, enquanto exerceu o posto de repórter no programa. O relato foi feito recentemente em seu perfil no Instagram, onde descreveu episódios nos quais era supostamente humilhada cotidianamente pelo profissional.

“Foram anos de humilhações e ninguém acreditava em mim. Os colegas da redação viam o q ele fazia, mas o medo de perder o emprego era maior. Quando minhas matérias entravam no ar, davam pico de audiência!!!!! Mas ele me mandava para o porto de Santos, cobrir o embarque dos corinthianos, numa van sem ar, sem segurança e sem pauta.. mas eu fazia!!! E tirava leite de pedra!!”, desabafou à loira sem mencionar o nome do suposto agressor.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

LEIA MAIS:

Carol Duarte lembra personagem trans e faz apelo sobre representatividade LGBT: “Nossos rostos não serão espancados”

Amaury Jr. questiona Anitta sobre bissexualidade: “Não sou de ficar rotulando”

Ainda no texto, a namorada da DJ Cacá Werneck contou que o diretor em questão debochava pelo fato de ter uma doença mental. “Me ridicularizava por causa da minha depressão, mas eu nunca deixei de trabalhar por causa dela. Como sofri com esse homem!!”, exclamou acrescentando que ele foi o responsável pelo seu desligamento da emissora.

Monique Evans tomou coragem para falar sobre os assédios, após Íris Stefanelli ter feito denúncias semelhantes sobre também um diretor do programa de fofocas, que também atuou como apresentadora, durante uma entrevista para o canal do YouTube de Mama Bruschetta.

 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio