Erick Witzel lamentou o resultado das eleições
Erick Witzel lamentou o resultado das eleições (Instagram)

De acordo com a coluna da jornalista Mônica Caruso, do jornal O Globo, o chef de cozinha Erick Witzel, filho do juiz Wilson Witzel,candidato ao Governo do Estado do Rio de Janeiro pelo PSC, pediu afastamento do trabalho até o fim das eleições.

Cozinheiro do Fasano Al Mare, o jovem de 24 anos é filho mais velho do político que disputa o segundo turno junto com Eduardo Paes (DEM). O motivo para a falta no trabalho seria o receio de sofrer bullying dos colegas.

Vale lembrar que Erick ganhou repercussão recentemente na mídia e redes sociais ao fazer um desabafo em seu perfil no Instagram, após o resultado da votação do primeiro turno no último dia 07.


LEIA MAIS:

Polícia descarta homofobia na conclusão do inquérito da morte de dois jovens em Maceió

Após sofrer dois AVCs, cantor Netinho revela tentativa de suicídio: “Sobrevivi”

Através do stories, Erick disse que “seguimos rindo para não chorar, porque a vontade é sumir. Um dia triste para a história do nosso estado e do nosso país”, desabafou o jovem.

Apesar do posicionamento conservador do pai, que apoia a candidatura de Jair Bolsonaro na presidência, Erick garante que mantém um bom relacionamento com o familiar. O rapaz também usou as redes sociais para lamentar a expressiva vitória do candidato ao PSL no primeiro turno das eleições com uma imagem na qual um LGBT está sob a mira de duas armas.