Escultura
Escultura "Meu coração bate como o seu", de Guto Raquena (Foto: Divulgação)

A escultura “Meu Coração Bate Como o Seu”, assinada pelo arquiteto e designer Guto Requena em homenagem aos 40 anos da luta da comunidade LGBT no Brasil e instalada na praça da República, no centro de São Paulo, foi alvo de vandalismo, na madrugada da última quinta-feira (04).

O monumento teve toda a sua parte elétrica prejudicada, com lâmpadas e fios internos roubados, além de ter as suas laterais pichadas e destruídas. Os suspeitos não foram identificados. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

LEIA MAIS:


Adolescente atira contra travesti durante discussão em Patos de Minas

Garrett Clayton, de King Cobra, participa de evento LGBT na Disney

A instalação possui tubos com as cores da bandeira LGBT e há partes nas quais as pessoas conseguem sentar, além disso há a reprodução de sons que representa batimentos cardíacos de ativistas da comunidade. O trabalho é uma parceria entre a Prefeitura de São Paulo e o canal National Geographic, que financiou todo o projeto juntamente com a empresa Intel.

Requena estima que a reparação da instalação deve custar em torno de R$ 30 mil. O artista acredita que o vandalismo foi fruto de um ataque homofóbico. “O país anda violento demais, então não tenho dúvidas de que o vandalismo feito com a minha obra tenha sido com um propósito de atingir a comunidade LGBT.”

Escultura "Meu Coração Bate Como o Seu", de Guto Requena, que comemora 40 anos da luta LGBT sofre vandalismo em São Paulo (
Escultura “Meu Coração Bate Como o Seu”, de Guto Requena, que comemora 40 anos da luta LGBT sofre vandalismo em São Paulo (Foto: Guto Requena)

DEIXE UMA RESPOSTA