A atriz Jane Di Castro
A atriz Jane Di Castro (Foto: Divulgação)

Convidada para participar da edição do Prêmio Sexy Hot 2018, no qual apresentou a categoria “Melhor Cena Homo Feminina”, a atriz Jane Di Castro exaltou o trabalho dos profissionais da indústria pornográfica em entrevista ao BOL.

“Eu acho muito difícil você ser um ator, uma atriz, nesta categoria. É preciso ter coragem e talento. O que mais me impressiona é a naturalidade como eles fazem. Diante de uma câmara e de uma produção, além de você ter que tirar”, afirmou ela.

LEIA MAIS:


Protagonista de beijo gay em Malhação, Pedro Vinícius lembra como saiu do armário para mãe: “Tinha medo de como ela iria reagir”

Christian Chávez e Lexa gravam clipe de música para álbum do mexicano com artistas brasileiros

Sobre o fato de encarar um filme de alto teor erótico, a artista descartou a possibilidade. “Eu não encararia não, sou tímida”, brincou. Questionada sobre a força da comunidade LGBT e a sua representatividade, Jane demonstrou preocupação. “Na verdade, agora, eu estou com muito medo. Medo de um retrocesso”, disse.

Jane ainda completou mostrando clara contrariedade com a candidatura de Jair Bolsonaro pelo PSL. “Estamos vendo um candidato [à Presidência da República] autoritário, ditador e que prega o ódio. O ódio é uma semente que se espalha. Isso me preocupa, não é bom para o Brasil”, concluiu.