A cantora Taylor Swift
A cantora Taylor Swift (Foto: Divulgação)

Após a cantora Taylor Swift declarar seu voto contrário a candidata ao senado do estado do Tennessee, Marsha Blackburn, e seu apoio aos membros do partido Democrata que estão concorrendo a uma vaga ao cargo, o número de eleitores que manifestaram interesse em participar das votações apresentou um aumento vertiginoso.

De acordo com a ABC, o site vote.org – onde são feitos os registros para votar, já que nos Estados Unidos o pleito não é obrigatório -, ganhou em 24 horas mais de 50 mil novos registros, além de um pico de visitantes, que ultrapassa a marca de 150 mil acessos desde que a estrela se pronunciou politicamente.

Apenas no estado do Tennessee, onde as palavras de Swift foi direcionada 2144 registros foram feitos em 36 horas. Para se ter uma ideia, apenas no mês de setembro no estado inteiro foram feitos cerca de 2811 registros.


LEIA MAIS:

Cartunista Laerte Coutinho estreia como atriz em nova série da MTV

“Solo de Guerra”: Peça sobre homofobia e bullying tem entrada gratuita no Recife

Em seu perfil no Instagram, a famosa criticou os posicionamentos da republicana como o apoio a redução salarial para mulheres, além de ser contra o casamento homoafetivo e a favor que empresas tenham direito de recusar serviços para casais LGBT.

“Eu acredito na luta pelos direitos LGBTQ, e que qualquer forma de discriminação baseada em orientação sexual ou gênero é ERRADA. Acredito que o racismo sistêmico que ainda vemos neste país em relação às pessoas de cor é aterrorizante, repugnante e predominante. Eu não posso votar em alguém que não esteja disposto a lutar por dignidade para TODOS os americanos, não importa a cor da pele, gênero ou quem eles amam”, afirmou Taylor.

 

DEIXE UMA RESPOSTA