Cher
A cantora Cher (Foto: Reprodução)

A diva norte-americana Cher voltou a atacar fortemente o presidente brasileiro Jair Bolsonaro, eleito no último domingo (28), classificando-o como um “porco” que “deveria estar preso”.

“Bolsonaro é um porco que deveria ficar trancado na prisão pelo resto de sua vida”, afirmou.

Leia mais:


Mãe de um homem trans Cher critica projeto anti-transgêneros de Donald Trump

‘Me inspiro em meus fãs gays’, afirma Cher

A declaração da cantora foi feita horas antes dos brasileiros irem às urnas para votar. Essa não é a primeira vez que Cher critica o ex-deputado federal. Em setembro, ela chegou a aderir à campanha “Ele Não”.