Bruno Gagliasso, Giovanna Ewbank e a filha Titi
Bruno Gagliasso, Giovanna Ewbank e a filha Titi (Foto: Reprodução/Instagram)

O ator Bruno Gagliasso confessou ter mudado o seu posicionamento sobre questões que envolvem homofobia e racismo, se dizendo mais consciente sobre estas questões, durante uma conversa com uma seguidora no seu perfil no Instagram.

Questionado pela internauta se passou a ver com outros olhos situações que envolvem machismo, homofobia e racismo após se tornar pai de Titi, de 5 anos, o famoso respondeu: “Sem dúvidas. Fico triste que tenha sido tão tarde e me culpo por isso. Vivendo e aprendendo sempre!”, analisou.

O comentário foi feito em uma foto na qual Titi aparece fazendo um trabalho de colagem em uma cartolina deitada no chão. A garota foi adotada por ele e Giovanna Ewbank em 2016.


LEIA MAIS:

Mangueira escolhe Marielle Franco como tema do samba-enredo para o carnaval 2019

Versão gay do famoso meme “Namorado distraído” viraliza na web

Vale lembrar que em junho deste ano, Gagliasso foi notícia após ter vários tweets antigos desenterrados nas redes sociais nos quais fazia comentários de cunho homofóbico e machista.  

Na ocasião, o galã garantiu que as mensagens, datadas de 2009, não refletem o seu posicionamento atual. “Estou aqui em 2018 respondendo com minhas ações e atitudes por quem já fui também em 2009 e mesmo antes disso. De alguma forma, todos estamos. Não é passando o pano no preconceito, mas sim, passando tudo a limpo, que o mundo vai se tornar um lugar melhor”, declarou ele.

Fazendo arte…. Será q vai ser artista plástica igual ao tio @baldacconi ? Kkkkkk… #paidemenina #amor ❤️

Uma publicação compartilhada por Bruno Gagliasso (@brunogagliasso) em