Beijo gay foi ao ar em Malhação
Beijo gay foi ao ar em Malhação (Reprodução/ TV Globo)

Após 23 anos de história, Malhação exibiu no final do capítulo desta quarta-feira (03), o primeiro beijo gay entre dois homens desde a estreia da trama em 1995. A cena foi protagonizada por Michael (Pedro Vinicius) e Santiago (Giovanni Dopico) e muito festejada pelos fãs da novela nas redes sociais.

Os intérpretes do momento também festejaram a repercussão da sequência. “Eaeee galeraaa!!! Foi ao ar uma das cenas mais esperadas do Santiago! O processo de construção do personagem foi um grande desafio pra mim, ainda mais sendo meu primeiro trabalho na TV! Polêmicas e opiniões à parte, acredito que a arte supera qualquer desafio que o artista precisa vencer !!! Espero que vocês continuem curtindo !!!Queria também agradecer a todos da produção,todo mundo do elenco,a @pati_moretzsohn e @natigrim por tornar isso tudo possível,vocês são incríveis!!”, declarou Dopico no Instagram.

O finalmente chegou! Tão importante mostrar isso e eu só tenho a agradecer. Obrigada a todos evolvidos, obrigada @natigrim @pati_moretzsohn e toda essa equipe incrível. Essa quinzena não poderia ter terminado de uma maneira mais incrível. Um grandíssimo beijo”, escreveu Pedro na mesma rede social.


LEIA MAIS:

Léo Lins sofre ataque homofóbico por seguidora no Instagram: “Viado encubado”

Após The Voice, Priscila Tossan volta em novo game show da Globo

Muitos seguidores reagiram de maneira festiva a cena. “Eu vivi pra ver um beijo entre dois garotos na #Malhação. Gente, que avanço incrível, mesmo que isso não represente nada pra muita gente. Colocar essas questões como algo que fazem parte da nossa realidade e cotidiano é dar aos adolescentes a oportunidade de entender que eles”, analisou um internauta.

“O beijo Santiel #Malhação selinho ne mas ta ai. Fofinhos”, elogiou outro. “Só observando a morte da Família Tradicional Brasileira depois da #Malhação de hoje. Tem que ter todo tipo de beijo em todas as novelas, em todas as grades, em todas as emissoras. Viva a diversidade! Quem ficou chocado, tá precisando beijar mais. Todo mundo merece seu espaço”, protestou um terceiro.