Caitlyn Jenner
Caitlyn Jenner (Foto: Divulgação)

Apoiadora da campanha de Donald Trump à presidência dos Estados Unidos, Caitlyn Jenner, que tornou pública o seu processo de transição de gênero em 2015, usou o seu perfil Twitter para desabafar contra o anúncio da decisão do atual governo do norte-americano de definir a identidade de gênero dos cidadãos a partir da designação da genitália.

“Pessoas trans não serão invisibilizadas”, escreveu a matriarca da família Kardashian na rede social. Os seguidores, entretanto, lembraram da época que ela apoiou o atual chefe de estado.

LEIA MAIS:


Ex-Malhação, Treison Lohan, estrela peça completamente nu no Rio

Christian Chávez e Lexa sensualizam no clipe de “Conectar”; assista

De acordo com o jornal The New York Times, a atual gestão do governo dos Estados Unidos, liderado pelo presidente Donald Trump, pretende retirar mais um direito das pessoas transgênero ao eliminar o reconhecimento destas, criando uma definição de gênero baseada na designação a partir da genitália no nascimento.

A proposta tem preocupado a comunidade LGBTQ+ estadunidense, que torna a iniciativa mais uma das ações contrárias aos direitos da diversidade que já tentaram barrar pessoas do ingresso às Forças Armadas e retiraram as orientações dadas às escolas públicas para que alunos trans pudessem utilizar o banheiro que quiserem.