Alexandre Frota
Alexandre Frota [Foto: Reprodução]

Recém-eleito deputado federal pelo PSL de São Paulo, Alexandre Frota rebateu as acusações de homofobia que pesam sobre sua carreira, afirmando que “ninguém transitou mais no mundo LGBT” do que ele.

A declaração foi feita em entrevista à revista Época, na qual, entre outros, o artista falou sobre casamento e a comunidade arco-íris.

Para Alexandre Frota “o casamento faz com que você enxergue a vida de maneira diferente. Ainda mais quando existe amor entre o homem e a mulher. Acho que todos deveriam passar pela experiência de um casamento”, ponderou ele, sem dizer se é ou não a favor da união entre pessoas do mesmo sexo.


Leia mais:

‘Sou homofóbico, sim, com muito orgulho’, diz Bolsonaro em vídeo que está viralizando nas redes sociais

Johnny Hooker declara voto em Haddad e diz: “A urna não é depósito de ódio”

A respeito dos LGBTs, Frota disse que, para ele, “são pessoas comuns como quaisquer outras. Não há absolutamente nenhum tipo de diferença. Ninguém transitou mais no mundo LGBT do que eu – e sou chamado de homofóbico, por incrível que pareça. Só não aceito que crianças sejam doutrinadas com pautas ideológicas. O resto, está valendo tudo. Cada um sabe o que está fazendo com sua vida”.

O ex-ator pornô, que chegou a atuar em novelas da TV Globo antes de fazer sucesso na indústria do entretenimento adulto, inclusive com sequências gays, fez referência ao falacioso “kit gay”, invencionice criada por Jair Bolsonaro.