Bandeira trans
Bandeira trans (Foto: Reprodução)

A Polícia Militar prendeu um adolescente de 15 anos, acusado de ter atirado no pulso direito de uma travesti de 21 anos, no último sábado (06), em Patos de Minas, localizado no Triângulo Mineiro. As informações são do site O Tempo.

O caso aconteceu na região da Orla da Lagoinha e a vítima e o suspeito apresentaram versões diferentes para o ocorrido. Apesar de confessar o crime, o jovem afirmou que a motivação seria que ela queria manter relação sexuais contra a sua vontade.  

LEIA MAIS:


Em menos de um mês, Paris registra segundo ataque homofóbico contra casal gay

Bolsonaro enfrenta LGBTs, mulheres e esquerdistas em jogo

Já a travesti disse que havia marcado um encontro com o menor e os dois iniciaram uma discussão que culminou no disparo. Após o acidente ela foi levada para o Hospital Regional.

O menor foi apreendido pelos militares e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil da cidade. Em sua casa foi localizado um revólver calibre 22, nove munições, aproximadamente 200 gramas de maconha e uma balança de precisão que também foram apreendidos.