Vítimas de homofobia por parte de um casal de vizinhos homofóbicos, as mulheres lésbicas Lisa Licata e Sherry Lau, que são casadas e moram juntas, encontrou o melhor jeito de rebater o preconceito de seus algozes: pintou a casa em que moram com as cores do arco-íris.

Moradoras da cidade de Pen Hills, na Pennsylvania, nos Estados Unidos, elas relataram em um post no Facebook o porquê da decisão de colorir a casa com o símbolo da comunidade LGBT.

Segundo contaram, desde que os vizinhos descobriram que elas formam um casal, passaram a ser atacadas por eles, que, além da agressão verbal, chegaram a atirar contra seu cachorro de estimação. Por isso a ideia de pintar a residência com as cores do arco-íris.


Leia mais:

Igreja Católica de Cuba desaprova mudanças na Constituição que permitiriam o casamento gay

Grupo Arco-Íris promoverá debate com os candidatos ao governo do Rio

Ao WTAE Pittsburgh, Lisa disse que uma vez elas chegaram a fazer uma cerca arco-íris, mas a mesma foi arrancada.

Sherry e Lisa
Sherry e Lisa são casadas (Reprodução/Facebook)

“Decidimos então pintar toda a casa. Estamos no século XXI. Vivemos aqui e não vamos nos mudar. Minha família nos ama, nossos amigos também. Quem não gostar, viva sua vida e nos deixe em paz”, declarou.

Sobre a reação dos demais moradores do bairro sobre a casa multicolorida, o casal garantiu tem sido “ótima”, principalmente “porque a maioria tem sido tão favorável que os homofóbicos ficaram quietos, inclusive tendo sido aconselhados por seus advogados a ficarem na deles”.