A atriz Bruna Linzemeyer
A atriz Bruna Linzmeyer (Foto: Reprodução/Instagram)

A atriz Bruna Linzmeyer falou, em entrevista ao UOL, sobre o tabu em volta do sexo na sociedade um dos assuntos abordados no novo filme que íntegra o elenco, intitulado “O Banquete”, que se passa nos anos 1980 e remonta a realidade da época em diversos aspectos.

“Que moral é essa que impede que a gente fale de um dos maiores prazeres que todos os seres humanos têm? Sem tabu!”, declarou ela durante a pré-estreia do longa, nesta terça-feira (04), no Rio de Janeiro.

Questionada sobre o seu ativismo sobre a visibilidade lésbica, Linzmeyer contou que virou referência sobre o tema para o público. “Recebo um retorno muito especial. Desde Instagram até muita gente falando comigo na rua. É só lindo, uma delícia”, afirmou a artista que namora Priscila Visman.


LEIA MAIS:

Com falta de produção, prêmios importantes do pornô gay brasileiro são cancelados

Fernanda Gentil se declara em aniversário da namorada: “Desejo várias vidas ao seu lado”

“Quando eu era adolescente, quando eu era criança, se eu tivesse essa representatividade na TV, no cinema, na internet, minha vida teria sido muito mais fácil. Mas não tive. O mundo há 15, 20 anos, era outro. Se eu puder fazer um pouco do que eu gostaria que alguém pudesse ter feito por mim, só existindo, sendo, podendo falar sobre com liberdade, fico feliz”, analisou.

Sobre o casal lésbico Maura e Selma, interpretado por Nanda Costa e Carol Fazu em Segundo Sol, Bruna diz não acompanhar mas comemorou a presença das personagens pela sua representatividade. “”É importante. Se tem um monte de casais héteros, por que não pode ter casal lésbico?”, questionou.

DEIXE UMA RESPOSTA