Quebrada Queer
Quebrada Queer (Foto: Divulgação)

Seis jovens gays oriundos de regiões periféricas de São Paulo, se juntaram e lançaram o Quebrada Queer, primeiro grupo de rap gay da América Latina, que canta as vivências da comunidade LGBT dentro da sociedade. Nesta segunda-feira (03) a banda lançou um novo videoclipe para o single “Pra quem duvidou”, que traz na letra uma mistura de críticas, desde à intolerância religiosa até o machismo, e além disso, é uma resposta para os críticos do seu primeiro trabalho.

Em entrevista ao portal R7, os integrantes contaram sobre como é ser homossexual dentro da cena que ainda encontra tabus para tratar do tema.

LEIA MAIS:


Lewis Hamilton lança coleção agênero para grife famosa

Intérprete de Crô, Marcelo Serrado revela ter lado feminino: “Sou um homem delicado”

“O homossexual na cena rap não é novidade, mas ainda assusta muita gente. Porém um grupo de rap só com gays não existe no Brasil e pelo o que pesquisamos em lugar nenhum. E nós provamos que conseguimos fazer um som e que isso não depende da nossa sexualidade”, afirmaram.

Apesar de apresentar versos que fala sobre a LGBTfobia, eles refutam a possibilidade de representar apenas os membros da diversidade. “Representamos muita gente: o negro, quem é da periferia, as mulheres. Não dá para agradar todo mundo. Para alguns gays, somos muito “heteros” [por não serem afeminados]. Para alguns heteros, somos muito gays. Queremos apenas mostrar o nosso som, exatamente do jeito que somos. Não queremos tentar pertencer ou agradar algum grupo.”

Confira:

DEIXE UMA RESPOSTA