Colégio Cotuca em Campinas (SP)
Colégio Cotuca em Campinas (SP) (Foto: Reprodução/Google Start View)

Um professor de Língua Portuguesa publicou um post nas redes sociais no qual denuncia ter sido vítima de ofensas racistas e homofóbicas no Colégio Técnico de Campinas (Cotuca) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

“Caro professor, fica a dica: você é preto e viado (sic) , seu lugar não é na sala de aula”, diz a mensagem preconceituosa deixada no armário do docente.

Nos comentários da publicação, uma aluna garante, no entanto, que os ataques ao professor têm sido constantes. “Ele vem ouvindo comentários racistas e homofóbicos de alunos há semanas”, alegou.


LEIA MAIS:

Hugo Bonemer e namorado Conrado Helt posam para ensaio romântico

Jovem é presa após tentar matar travesti no DF

Uma manifestação contra o episódio está marcada para esta sexta-feira (21). O Cotuca emitiu uma nota de repúdio sobre o caso e que vai tomar as medidas cabíveis. “O colégio repudia a ação e irá apurar o caso, buscando identificar as pessoas responsáveis e aplicar as medidas cabíveis”, diz o comunicado, informando ainda que irá apurar o ocorrido através de uma investigação interna.

O texto alega ainda que “não tolera nenhum tipo de discriminação” e que está previsto “um conjunto de ações” de imediato.

DEIXE UMA RESPOSTA